Melhor câmbio: 4 super dicas para comprar moeda com segurança

Uma das últimas etapas da preparação da viagem é a compra de moeda estrangeira – operação que gera muitas dúvidas, principalmente naqueles que não estão acostumados a fazer troca e procurar pelo melhor câmbio. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para desmistificar essa compra de moeda estrangeira e te ajudar a fazer o melhor negócio possível. De antemão, vale sempre a nossa recomendação: sair do Brasil com moeda do destino em mãos é mais vantajoso. Começando por aí, temos outras 4 dicas fundamentais para ajudar você:

1 – Planeje sua viagem

Organizar uma viagem com antecedência é a melhor forma de aproveitar os dias no destino tão esperado. Além de planejar os roteiros, vale ficar atento à cotação da moeda estrangeira ao longo dos meses para acompanhar a variação das taxas de câmbio. Assim, você percebe movimentos de subida ou queda da moeda e procura comprar com a melhor cotação possível. Se quiser facilidade, opte pela Taxa Alvo, serviço da Supercâmbio na qual você registra o valor que deseja pagar pela moeda estrangeira. Caso a taxa baixe para o patamar indicado, a Supercâmbio avisa você automaticamente e poupa seu tempo.

2 – Faça uma média de gastos

Saber o quanto vai gastar na viagem é superimportante. Essa média de gastos é fundamental para que você possa calcular o quanto de moeda estrangeira precisa levar. Vale prever valores para lanchinhos, pequenas compras, ingressos, aluguel de bicicletas, etc. Assim, você evita trocar moeda estrangeira em excesso – o que faz com que você perca dinheiro ao trocar a moeda por Reais na volta da viagem – ou de menos – o que pode fazer com que você tenha que usar o cartão de crédito ou mesmo ter que ir a uma casa de câmbio durante a viagem. Sim, levar pouca moeda estrangeira é ruim, mas moeda desnecessária também é prejuízo.

3 – Não compre nem troque moedas em qualquer lugar

Operações de câmbio exigem segurança. E nada pior do que ficar inseguro em relação a autenticidade das notas. As falsificações existem aos montes e algumas são difíceis de serem identificadas. Para evitar isso, o mais seguro é comprar moeda estrangeira em casas de câmbio reconhecidas e de confiança, como as que são credenciadas a Supercâmbio.

4 – Moeda mais barata pode ser cilada

Cuidado, muitas vezes a moeda mais barata pode ser sinônimo de prejuízo. Não é porque o Dólar está mais baixo que o Euro que ele é a melhor opção de moeda se você vai para a Europa, por exemplo. Não se esqueça que o ideal é sempre levar a moeda local. Se você levar Dólar para a Europa terá que fazer uma segunda operação de câmbio e, novamente, terá que pagar as taxas.

* A Supercâmbio é primeiro portal online de comparação de taxas de câmbio e compra de moedas estrangeiras do Brasil. No site, o cliente pesquisa a cotação do câmbio de hoje  nas melhores casas de câmbio e concluiu seu pedido sem sair de casa. Entre as opções estão Dólar, Euro, Pesos e outras 15 moedas de diferentes países. O pagamento é feito diretamente para a empresa escolhida e a moeda é retirada na loja selecionada ou, se a opção for delivery, a entrega é feita no local indicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami