Quantos dólares devo levar para a Disney?

As férias de julho já estão batendo à porta e a Disney é um dos principais destinos nas férias escolares. Passagens compradas, visto em dia, hospedagens reservadas, tudo super organizado, não? Quase. É preciso prever alguns gastos extras, que exigem dólares em cash e que, se esquecidos, podem desviar a atenção do que realmente importa: se divertir.

Mas afinal, quantos dólares deve-se levar para a viagem? Claro que tudo depende da duração da viagem e o que você está planejando fazer: compras, diversão, opções de alimentação. Mas a recomendação é sempre levar um valor em espécie, uns 1.000 dólares por pessoa, para economizar no IOF e pagar os pequenos gastos do dia a dia.

Vamos fazer um cálculo médio de gastos diários na Disney. Calcule uns 50 dólares por dia para alimentação, por pessoa; uns 30 dólares de estacionamento nos parques, caso você planeje alugar um carro; e mais 50 dólares, por semana, de combustível, além de pedágio – são muitos em Orlando, mas baratos.

Tenha sempre em mãos, ou no console do carro, algumas moedas de 0.25 dólares, chamadas de quarter. Os valores de pedágio variam de 0.50, 0.75, 1, 1.25 e 1.50 dólares. Ah, eles não tem cobrador e cancela do pedágio, então tome muito cuidado para não passar sem pagar, para não ser parado por um policial, ou ainda receber uma multa bem salgada depois da sua viagem – lembre-se que a locadora tem todos os seus dados.

Não alugue um GPS em Orlando. Economize com isso usando a tecnologia de seu celular. Com 55 dólares você pode comprar um chip que oferece ligações internacionais e internet 4G ilimitada, durante um mês, para você usar seu celular à vontade em todo os Estados Unidos.

Tenha em mente que taxas de serviços não estão inclusas nos preços nos Estados Unidos, então, é bom ficar atento para que não haja nenhum problema na hora de pagar a conta. As gorjetas, ou “tips”, sempre são dadas a atendentes e funcionários. Seja motorista de táxi, garçom ou carregador de malas. No Brasil não estamos acostumados com este tipo de serviço, porém, nos Estados Unidos isso é bastante comum. É tradição dar a gorjeta. Leve, portanto, cédulas de valores pequenos: 5, 10 e  20 dólares. Calcule uns 30 dólares por dia com esses gastos, em média.

Nos estabelecimentos, como bares e restaurantes, não há um valor exato para as gorjetas, elas podem variar de 10 a 20% do valor da conta. Camareiras e equipe de limpeza dos quartos nos hotéis, também recebem tips. A dica é deixar 2 dólares em cima da cama ou de algum móvel visível. Você provavelmente terá um quarto mais limpinho e arrumado. Não estranhe, isso é cultural.

Ajudamos você a fazer a conta? Então, providencie seus dólares em moeda pela Supercâmbio. Através do nosso site, você compara a melhor taxa de câmbio do dia entre as principais casas de câmbio do país, efetua a compra e recebe seus dólares em casa ou onde for mais conveniente. Lembre-se que sair do Brasil com moeda em mãos é um excelente negócio para evitar variações da cotação do dólar.

 

*A Supercâmbio é primeiro portal online de comparação de taxas de câmbio e compra de moedas estrangeiras do Brasil. No site, o cliente pesquisa a cotação do câmbio de hoje nas melhores casas de câmbio e concluiu seu pedido sem sair de casa. Entre as opções estão DólarEuroPesos e outras 15 moedas de diferentes países. O pagamento é feito diretamente para a empresa escolhida e a moeda é retirada na loja selecionada ou, se a opção for delivery, a entrega é feita no local indicado.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami