Vá para o Chile e aproveite o melhor do inverno

Programando férias para esse inverno? A alta temporada na América Latina oferece ótimos destinos de neve, que propiciam experiências fantásticas, tanto dentro das pistas quanto fora delas. No Chile, a capital Santiago oferece opções para todos os gostos. É uma cidade cosmopolita, onde é possível andar de metrô. Existem muitas estações ligando vários pontos, com tarifas que custam até 740 pesos chilenos (aproximadamente R$ 4), dependendo do horário e dia da semana.

 

Na região, é o momento de curtir algumas das estações de esqui mais badaladas da América do Sul. Esqueça seus casacos e botas: você precisará de roupas específicas para neve! Alugue um kit esportivo completo – bota, calça, jaqueta, luvas e óculos – por cerca de 27.000 pesos (aproximadamente R$ 150). O Valle Nevado é um dos principais destinos e fica distante cerca de 60 quilômetros de Santiago, sendo uma estação de esqui com uma estrutura comparada aos melhores resorts de inverno da Europa. Caso o dinheiro não esteja sobrando em sua conta, uma dica é ficar em Santiago e ir para as estações passar o dia. A hospedagem na Capital é muito mais barata, uma economia média de cerca de R$ 300. Você pode optar por agências locais para o traslado, ao preço de 12.500 pesos chilenos (R$ 70), por pessoa, ida e volta. Outra opção é alugar um carro. A diária da categoria popular está na faixa de 27.000 pesos (R$ 150). Entretanto, se estiver caindo neve, ou se a nevasca ocorrer na noite anterior, você corre o risco de ficar preso na estrada.

 

Uma dica é fazer a dobradinha com Farellones. O Valle Nevado pode ser cansativo para quem não está acostumado com esportes de neve. Em duas horas, dá para conhecer todo o complexo, e até de tomar um chocolate quente, ao preço médio de 3.000 pesos chilenos (R$ 16).  Em Farellones, há diversão até para quem não quer esquiar ou fazer snowboard, como o tubing, versão na neve dos tobogãs com boia dos parques aquáticos. Por 7.000 pesos (cerca de R$ 40) você compra uma hora de uso do tobogã. Ou os juegos aéreos – um circuito de pontes de corda e tirolesas, também pelo mesmo valor.

 

Uma dica extra: fique atento às notas chilenas. É comum o brasileiro se confundir com as notas de 1.000 e 10.000 pesos, principalmente por conta da quantidade de zeros por aqui. As notas vão desde os 1.000 pesos, conhecida como luka, até os 20.000 pesos.

A nota de mil pesos equivale, aproximadamente, a R$ 5,60.  Esta cédula será, sem dúvida, a que você mais vai usar junto com a de dois mil e a de 5 mil para almoçar, comprar lembrancinhas e dar gorjetas. Com 5 mil pesos chilenos (R$ 28) é possível, por exemplo, comprar um bom vinho.

O ideal é você levar o peso chileno, comprando a moeda no Brasil. Pesquise a melhor cotação do dia e garanta a moeda com a melhor cotação. Deixe o período de suas férias apenas para curtir a viagem e toda diversão que ela oferece. Nós cuidamos do resto.

LEIA TAMBÉM: 3 destinos bacanas e baratos para viajar

** A Supercâmbio é primeiro portal online de comparação de taxas de câmbio e compra de moedas estrangeiras do Brasil. No site, o cliente pesquisa a cotação do câmbio de hoje nas melhores casas de câmbio e conclui seu pedido sem sair de casa. Entre as opções estão dólar, euro, pesos e outras 15 moedas de diferentes países. O pagamento é feito diretamente para a empresa escolhida e a moeda é retirada na loja selecionada ou, se a opção for delivery, a entrega é feita no local indicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami