Feriados pedem uma escapada para Buenos Aires

Carlos Gardel eternizou a canção Mi Buenos Aires Querido. E como a capital portenha está para sempre eternizada em nossos corações, a cada feriado prolongado, a Argentina é uma ótima opção de roteiro para uma saída rápida. Como ainda temos alguns feriados prolongados nesse ano, selecionamos esse destino para falar sobre os gastos diários para turistas na cidade. Quer um exemplo? O transporte coletivo.

Andar de metrô em Buenos Aires é fácil e barato. O Subte, como o metrô é chamado por lá, chega aos principais bairros e pontos turísticos e o valor da passagem é bem em conta: custa 7,50 pesos argentinos, ou seja, menos de 2 reais. Claro que estamos fazendo uma média, é preciso fazer a conversão do câmbio do dia em que você for comprar o peso argentino. Ao sair à noite, fique atento aos horários. De segunda a sábado o metrô funciona das 5h às 22h30min, mas o último trem varia de acordo com a estação. Dá para conferir a tabela horária no site da Metrovias.

Bateu sede enquanto está perambulando pelas ruas? Saiba que em média uma água mineral nos quioscos ou banquinhas custa 25 pesos argentinos, cerca de 5 reais. Uma coca-cola, 20 pesos, ou seja, pouco mais de 4 reais.  Um alfajor? Também 20 pesos, em média.Na Recoleta, é possível tomar um café com leite, com 3 tradicionais medialunas e um suco de laranja, por 35 pesos, cerca de 7 reais. Uma empanada sai de 10 a 13 pesos (menos de 3 reais).

Você já sabe, mas vale lembrar: é bom comprar o peso argentino e levar dinheiro em cédulas, em espécie, cash. Afinal esses gastos diários requerem pagamento em dinheiro.Aliás, muitos lugares de lanches, por exemplo, só aceitam pagamento em dinheiro.

Exemplo? O Burger Joint, no bairro Palermo. O lugar não está elencado nos roteiros tops 5 estrelas da capital portenha, mas vale pelos hamburgueres. É unanimidade. Só não se assuste com a fila, pois a espera vale.

E se já não bastasse as inúmeros atrações da Capital argentina, que tal dar uma esticadinha para o lado uruguaio?

Colonia Del Sacramento é o ponto mais próximo de Buenos Aires na outra margem do Rio da Prata. Vale tanto pelo passeio no ferry quanto pelo lugar em si. Colonia é uma cidadezinha muito agradável, patrimônio da Unesco, povoada por charmosas pousadas restaurantes e galerias.Para ir de ferry, tem o Buquebus, rápidos (1h de travessia) e lentos (3h), que transporta carros. Quem está viajando sem automóvel, pode optar por ir com o buque da Colonia Express  ou pela Seacat.

O blog Viver Uruguai, escrito pela baiana Jamile, que mora no Uruguai, dá dicas bem bacanas sobre o país e de alguns lugares, como Colonia.

É bom ficar atento porque muitos lugares em Colonia não aceitam cartões, como a charmosa casa de chá Lentas Maravillas,  que funciona na casa dos donos, argentinos de origem inglesa. Um local cheio de magia, que funciona como uma galeria de arte com deliciosos petiscos. Tem uma sala de estar com biblioteca e uma grande janela com vista para o gramado junto ao rio, onde também é possível sentar em um fim de tarde e apreciar o belo por do sol.

Saia tranquilo para sua viagem, deixe os dias livres apenas para se divertir e fuja das casas de câmbio. – afinal ninguém merece perder tempo para trocar dinheiro. A dica é já sair do Brasil com a moeda local em mãos. Compre dólares, euros e pesos através do nosso site, sem sair de casa, com total segurança e comparando as melhores cotações

LEIA TAMBÉM: Um final de semana em Buenos Aires

*          A Supercâmbio é primeiro portal online de comparação de taxas de câmbio e compra de moedas estrangeiras do Brasil. No site, o cliente pesquisa a cotação do câmbio de hojenas melhores casas de câmbio e concluiu seu pedido sem sair de casa. Entre as opções estão dólar, euro, pesos e outras 15 moedas de diferentes países. O pagamento é feito diretamente para a empresa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami