Vai planejar uma viagem ao exterior? Veja maneiras de se prevenir contra problemas

Muitos imprevistos podem ocorrer durante uma viagem internacional. Mas a maioria deles pode ser evitada com um bom planejamento. A principal estratégia, que irá manter a sua viagem como o esperado e segura, é organizar cada detalhe com antecedência. Assim, você não corre o risco de estragar o passeio caso algum problema aconteça – problema esse que, provavelmente, você teria evitado ou reduzido se tivesse se programado antes. Para ajudar você que vai planejar uma viagem, vamos dar dicas para as principais maneiras de se precaver contra imprevistos no exterior.

Cuidado com os contratos assinados

Se você estiver pensando em contratar uma agência de turismo, pois não tem muito tempo para cuidar de todos os preparativos, saiba que terá de desembolsar um valor a mais e perderá algumas liberdades, como em horários de passeios e locais de hospedagem. Nossa dica, para tornar a sua escolha o mais segura possível, é verificar a confiabilidade e credibilidade da agência de turismo em dois locais: no Tribunal de Justiça do Estado e no portal Cadastur, do Ministério do Turismo.

No último, é possível verificar se a empresa que você está contratando é legalizada, se está apta a prestar serviços de  turismo no país ou se é alvo de muitas reclamações. Além destas opções, você também pode consultar outros sites de avaliação de serviços para hotéis e passeios, por exemplo, no site Tripadvisor.

Em relação aos contratos, você precisa ter maior cuidado antes de assiná-los. Só efetue a compra ou assine o contrato depois de tirar todas as dúvidas, principalmente sobre em casos de cancelamento e alterações de data, por exemplo. Além disso, fique atento às restrições que podem estar inclusas no serviço, como restrições de valores ou período de gestação em um seguro viagem, ou a maneira como você deve avisar a empresa de seguros em caso de algum imprevisto.

Reservas de hospedagens com antecedência

Se você não estiver indo viajar no estilo mochileiro que gosta de aventuras, nem pense em deixar para encontrar hospedagem quando chegar no destino, ainda mais no exterior. Dependendo de para onde você estiver indo, caso seja uma cidade muito concorrida por turistas, por exemplo, você corre o risco de chegar lá e não ter vagas disponíveis, ou então ter de pagar muito mais caro por um quarto de hotel ou hostel.

Como tudo no planejamento de uma viagem internacional, o melhor é fazê-lo com antecedência. Não é diferente para a hospedagem. Existem diversos sites em que é possível verificar comentários sobre experiências de outros usuários, assim como as reclamações do local, inclusive nos próprios sites de pesquisa de preços e reserva.

Ao reservar suas hospedagens com antecedência, muitos sites que agrupam ofertas de diversos hotéis e hostels podem oferecer preços mais baixos para datas reservadas antes, como é o caso dos sites Booking.com e Hostelworld. Além das opções convencionais de hotéis, estão cada vez mais comuns opções alternativas como o Airbnb, onde você pode alugar um apartamento inteiro, mais próximo de locais turísticos e ainda com um custo benefício melhor.

Outra dica é guardar todos os comprovantes das reservas. Se puder, imprima-os para levar com você ao destino. Antes da data da viagem, é aconselhável confirmar todas as reservas, para não ter surpresas ruins quando chegar. Outro ponto importante para conferir no caso de acomodações convencionais, são os horários de check-in e check-out, pois alguns estabelecimentos podem não oferecer serviços 24 horas e, neste caso, você precisa se preparar caso chegue muito antes do horário de funcionamento.

Cuidados com a bagagem

É muito fácil esquecermos, na euforia dos dias anteriores à viagem, que não basta apenas escolher as roupas da mala. Para evitar dor de cabeça no aeroporto, é preciso pensar em alguns outros detalhes como o tipo de bagagem, para ter certeza que ela está na medida certa. Como assim?

Bem, em voos internacionais, os limites de peso e de quantidade de malas variam de acordo com o país de destino e com a companhia aérea, por isso é necessário verificar essas informações antes de fazê-las. Quanto menos levar, melhor. Até porque se ultrapassar o peso máximo, você precisará pagar o valor do excesso de bagagem. Além disso, algumas companhias trabalham com um peso máximo: se a mala estiver mais pesada do que o limite, não embarca. Os aeroportos oferecem balanças para malas, mas o melhor é você pesá-la em casa, para não precisar deixar coisas no aeroporto.

Também é recomendável colocar um cadeado na mala, por questões de segurança, até mesmo nos hotéis e hostels. Se for viajar aos Estados Unidos, será preciso um cadeado especial, dentro das normas do órgão que regula a segurança dos transportes americanos. Assim, caso eles precisem abrir sua mala, não precisarão quebrá-la.

Em casos de extravio de mala, existem algumas maneiras de reduzir danos. Leve documentos importantes como passaporte, passagens, tickets de passeio e reservas de hotéis, remédios importantes, tudo que for imprescindível, em sua bagagem de mão. Você também pode incluir no seu seguro viagem a cobertura para extravio de mala, para evitar maiores transtornos no destino.

Documentos para ter em mãos

Se você pensa que basta levar o passaporte e nada mais, vamos ajudar a aumentar um pouco mais a sua prevenção. Existem outros documentos que você pode ter em mãos e que facilitam a sua entrada em outro país. Nem sempre os fiscais da alfândega pedem por todos esses documentos, mas caso o façam com você, é bom tê-los por perto. Confira a lista abaixo com os mais importantes:

Seguro Viagem

Não são todos os países que exigem o seguro viagem para que você possa entrar no território. Mas muitos dos europeus e alguns da América Latina, como Cuba e Venezuela, exigem.

Confira neste post a lista dos países em que o seguro é obrigatório e quais são as especificações de cada um.

Mesmo naqueles destinos em que o seguro é opcional, é sempre bom ter um plano para diminuir os impactos de qualquer imprevisto que possa ocorrer, desde um tornozelo torcido, uma mala extraviada, um documento perdido ou até um acidente mais grave.

Existem diversos planos de seguro, com coberturas básicas e obrigatórias, mas também com adicionais. Você pode escolher, de acordo com a empresa, quais são aquelas que mais podem impactar na segurança da sua viagem.

Conheça neste post quais são as coberturas básicas e quais as opções adicionais que existem no mercado.

Gostou das dicas? Continue acompanhando nossos conteúdos. Estamos sempre buscando informações que contribuam para uma viagem internacional mais segura e tranquila para você e sua família. Caso queira comprar moeda, clique no botão e acesse o site.


Bitnami